PRECISAMOS FALAR SOBRE A FINIT E O ALCANCE DO ECOSSISTEMA DE INOVAÇÃO DE MINAS

“Aqui em Minas a gente conversa mais” Tiago Maranhão – Fir Capital em evento da Fiemg durante a FINIT.

Quem passou rápido pela FINIT certamente viu a inovação no formato do evento e nos conteúdos discutidos. Viu a diversidade de ambientes e comunidades envolvidas do ecossistema de inovação mineiro.

Mas, quem passou na velocidade certa ou vem acompanhando todo esse desenvolvimento, também pôde ver a capacidade de articulação de instituições, ideias, conceitos, gerações. Em Minas a gente conversa mais.

Alguns podem ansiosamente querer “ir direto ao ponto”, também é possível fazer assim. Mas se você souber esperar e apreciar a conversa, vai perceber que ela amadurece. As relações, os projetos, os negócios.

E é assim, em clima de Inconfidência Mineira, que os empreendedores da região vão construindo uma história de passos convictos e que a FINIT soube valorizar e mostrar os resultados.

Em cada palco e em cada ação tivemos a presença de todos os atores que ajudam a construir o ecossistema mineiro — de iniciativas recentes, como a She’s Tech, ao reconhecimento dos pioneiros, como o Instituto Inovação.

E saindo da “Arena de Negócios” envolvemos todos mais uma vez: pais, filhos, escolas, cientistas, faculdades, geeks, ricos, pobres, tradição, futurismo, gastronomia. Para alguns isso pode soar muito popular, ou até mesmo “banalizado”.

Mas para quem busca o desenvolvimento da cultura empreendedora como nós buscamos, ouvir um pai dizer “olha filho, aqui embaixo é a cidade dos empreendedores” a uma criança de 9 anos de idade é significativo. A FINIT pode ser um artefato potente de transformação e disseminação dessa cultura.

Assim, para nós, a FINIT deixa de ser uma feira e passa a ser um equipamento de desenvolvimento que aumenta o nível de realização e expectativas do nosso ambiente de inovação. Esse é o seu legado.

Sabemos que foi difícil alocar centenas de speakers, mobilizar patrocinadores, inovar na estrutura e dinâmica, trazer outros eventos para o mesmo contexto (cada um com suas particularidades, como a conferência Anpei ou a Campus Party).

Mas mineiro não tem medo do trabalho e, mais uma vez, observamos que é assim que geramos resultados, inovação e mudança. Por isso, orgulhosamente celebramos e agradecemos todos os envolvidos na realização de um evento impecável e que deve ser referência para muitos ecossistemas e países.

Na semana passada Minas transbordou, Minas transgrediu e certamente não poderemos voltar ao nosso tamanho anterior.

 

2017-11-06T15:34:36+00:00 06/11/17|empreendedorismo|